Cultive sua conta Instagram com 2k+ seguidores reais e org√ĘnicosComece
Por Publicado em: maio 16, 2023

Porque é que as pessoas partilham excessivamente as redes sociais?

Nos √ļltimos anos, as redes sociais tornaram-se uma parte integrante das nossas vidas. Utilizamo-los para nos ligarmos com amigos e familiares, partilhar os nossos pensamentos e experi√™ncias, e at√© promover os nossos neg√≥cios. No entanto, por muito que os meios de comunica√ß√£o social nos tenham reunido, tamb√©m deram origem a um fen√≥meno conhecido como a partilha excessiva.

A partilha excessiva √© o acto de revelar demasiada informa√ß√£o pessoal em plataformas de redes sociais. Algumas pessoas colocam actualiza√ß√Ķes sobre as suas vidas quotidianas, enquanto outras partilham detalhes √≠ntimos sobre as suas rela√ß√Ķes, sa√ļde e finan√ßas. Mas porque √© que as pessoas partilham excessivamente os meios de comunica√ß√£o social? Eis algumas das raz√Ķes poss√≠veis:

1. Procura da atenção

Uma das raz√Ķes mais comuns para as pessoas partilharem demasiado os meios de comunica√ß√£o social √© a procura de aten√ß√£o. As plataformas de redes sociais s√£o concebidas para recompensar os utilizadores com gostos, coment√°rios e partilhas, o que pode ser visto como uma forma de valida√ß√£o. Para algumas pessoas, quanto mais aten√ß√£o recebem, melhor se sentem a respeito de si pr√≥prias.

2. Rela√ß√Ķes de constru√ß√£o

Outra raz√£o pela qual as pessoas partilham demasiado as redes sociais √© para construir e manter rela√ß√Ķes. Quando partilhamos informa√ß√Ķes pessoais, criamos um sentido de intimidade com os nossos seguidores. Isto pode ser especialmente importante para as pessoas que vivem longe dos seus entes queridos, uma vez que as redes sociais podem ajud√°-los a permanecer ligados.

3. Lidar com o stress

A partilha de informação pessoal nos meios de comunicação social também pode ser uma forma de lidar com o stress. Quando partilhamos os nossos problemas, recebemos frequentemente empatia e apoio dos nossos seguidores. Isto pode fazer-nos sentir menos sós e mais capacitados para lidar com os nossos problemas.

4. Procura de conselhos

Por vezes, as pessoas partilham excessivamente as redes sociais porque querem conselhos ou feedback dos seus seguidores. Por exemplo, uma pessoa pode publicar uma foto de um fato e perguntar aos seus seguidores se este tem bom aspecto. Isto pode ser uma forma de obter opini√Ķes de multid√Ķes e de ter uma no√ß√£o do que os outros pensam.

5. Controlo de Impulsos

Por fim, algumas pessoas sobrep√Ķem-se aos meios de comunica√ß√£o social porque lhes falta o controlo do impulso. Podem n√£o pensar nas consequ√™ncias dos seus cargos ou podem sentir-se compelidas a partilhar tudo o que lhes acontece. Isto pode ser especialmente problem√°tico se a informa√ß√£o que partilham for sens√≠vel ou privada.

Os riscos de sobre-partilha

Embora a partilha excessiva possa parecer inofensiva, pode na realidade ter algumas consequências graves. Aqui estão alguns riscos a ter em mente:

1. Preocupa√ß√Ķes de privacidade

Quando partilhamos informa√ß√Ķes pessoais sobre meios de comunica√ß√£o social, corremos o risco de ser vistos por pessoas que n√£o conhecemos ou em quem n√£o confiamos. Isto pode levar a preocupa√ß√Ķes de privacidade, particularmente se a informa√ß√£o que partilhamos for sens√≠vel ou privada.

2. Repercuss√Ķes profissionais

A sobre-partilha pode tamb√©m ter repercuss√Ķes profissionais. Os empregadores e potenciais empregadores olham frequentemente para os perfis dos meios de comunica√ß√£o social para ter uma no√ß√£o do car√°cter e comportamento de uma pessoa. Se os cargos nos meios de comunica√ß√£o social de algu√©m forem inapropriados ou pouco profissionais, isso pode prejudicar as suas hip√≥teses de conseguir um emprego ou progredir na sua carreira.

3. Tens√£o de relacionamento

Partilhar demasiada informa√ß√£o pessoal nos meios de comunica√ß√£o social tamb√©m pode pressionar as rela√ß√Ķes. As pessoas podem sentir-se desconfort√°veis com a quantidade de informa√ß√£o a ser partilhada ou podem sentir que est√£o a ser deixadas de fora de conversas importantes.

4. Cyberbullying

Finalmente, a partilha excessiva pode tornar as pessoas vulneráveis ao cyberbullying. Quando partilhamos informação pessoal, abrimo-nos à crítica e ao assédio dos outros. Isto pode ser especialmente prejudicial se a informação a ser partilhada for sensível ou privada.

Conclus√£o

Concluindo, as pessoas partilham excessivamente os meios de comunica√ß√£o social por uma variedade de raz√Ķes. Algumas fazem-no para procurar aten√ß√£o ou construir rela√ß√Ķes, enquanto outras o fazem para lidar com o stress ou procurar aconselhamento. No entanto, a partilha excessiva pode tamb√©m ter consequ√™ncias graves, incluindo preocupa√ß√Ķes de privacidade, repercuss√Ķes profissionais, tens√£o nas rela√ß√Ķes, e cyberbullying. Como tal, √© importante pensar cuidadosamente sobre o que partilhamos nas redes sociais e considerar os riscos potenciais antes de atingir o “posto”.